Agricultura Orgânica vs. Agricultura Convencional

Com o crescimento do interesse da sociedade por alimentação cada vez mais rica e completa, existe uma discussão relevante sobre agricultura orgânica e convencional, onde diversas frentes conversam sobre este assunto e sobre as diferenças entre elas.

Você pode até achar que os alimentos cultivados de maneira orgânica e convencional tem alguma diferença entre si, mas a realidade é que eles tema mesma aparência, o mesmo sabor e são também nutricionalmente idênticos. Quer saber qual é a verdadeira diferença entre eles?

Nos dê um minuto:

A grande diferença entre estes alimentos está na sua forma de produção. As fazendas com produção convencional de alimentos plantam diversos tipos de sementes, incluindo as transgênicas, que possuem benefícios como mais Ômega 3, resistência a determinadas pragas ou à seca.

Para atender aos padrões estabelecidos pela indústria de orgânicos, os produtores geralmente usam sementes de plantas cultivadas sob práticas orgânicas. O que isso significa? Que durante o cultivo, podem ser utilizados fertilizantes derivados da natureza, como o esterco animal. O esterco contém nutrientes que as plantas gostam muito como nitrogênio e minerais.

O mesmo acontece com os agricultores que produzem alimentos utilizando o método convencional. Eles também utilizam o esterco como fonte de nutrientes, além de fertilizantes artificiais e sintéticos.

Para proteger as lavouras contra insetos, pragas e plantas daninhas, agricultores de culturas orgânicas e convencionais compartilham muitos métodos e ambos podem utilizar pesticidas aprovados. A diferença é que os agricultores orgânicos são limitados a uma lista menor de pesticidas não sintéticos.

Apesar das diferenças nos métodos de cultivo, ambos trabalham para produzir alimentos para uma população que fica cada vez maior. E, hoje em dia, a maior parte dessa demanda é atendida por meios convencionais.

Quer saber mais sobre os transgênicos? Confira este post que mostra uma cientista da Monsanto nos Estados Unidos explicando no laboratório como é feito um organismo geneticamente modificado. Você pode também assistir o vídeo da série “nos dê um minuto: transgênicos“.

Artigos Relacionados