Monsanto está entre as melhores empresas do mundo para mães trabalharem

Não é por acaso que a Monsanto Brasil está há 18 anos entre as melhores empresas para se trabalhar, de acordo com a Great Place to Work. A diversidade presente em seu cotidiano e a preocupação com o desenvolvimento de seus funcionários e em fornecer o melhor ambiente e benefícios para as mães da companhia também acabam de ser reconhecidas. E o melhor: globalmente.

A revista “Working Mother” (Mãe Trabalhadora, em português) acaba de nomear a Monsanto como uma das 100 melhores empresas para as mães trabalharem no ano de 2017, baseado, principalmente, em sua forte liderança em criar programas progressivos em relação a promoção das mulheres, flexibilidade, assistência à infância e todo o apoio necessário durante a licença maternidade.

“A vida profissional muda depois de se tornar mãe. Você passa a ser mais objetiva e focada no trabalho”, conta Glória Ferreira, líder de Sustentabilidade e Engajamento com Comunidades, alocada em São Paulo. Mãe de 2 filhos, ela sabe que aqui na Monsanto a questão da maternidade é levada muito a sério.

Virginia Gilligan, líder de Comunicação e Marketing Corporativo América do Sul, também teve experiências positivas: “Tenho a grande vantagem de trabalhar em uma empresa na qual a mulher é muito valorizada e onde se trabalha muito para desenhar ferramentas e programas que permitam que nos sintamos mais confortáveis e equilibremos a relação entre trabalho e família’”, avalia. Para a executiva, que trabalha no escritório em Buenos Aires, “o horário flexível é altamente valorizado, o trabalho por objetivos é fundamental e, sobretudo, sentir que sempre vão te apoiar. E não posso deixar de mencionar a importância de contar com uma equipe de primeira, que merece minha total confiança. Sem minha equipe, este balanço evidentemente não seria o mesmo”.

Quer saber mais? Clique aqui e confira quais são as 100 empresas do ranking e como o estudo foi realizado pela revista (em inglês).

Artigos Relacionados